sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Correio dos leitores: OVNI em Lourinhã

Localização - Lourinhã

Data e hora - 24/08/2005 - 22:00h

Testemunha - Sra. Esmer Vilão

Este é mais um caso isolado entre outros que permaneceu oculto do público durante anos.
Este incidente terá sido reportado a uma entidade de investigação "OVNI" em Portugal, mas ignorando ou arquivado, permanecendo desta forma no total desconhecimento do público em geral.
Cabe ao Ufo Portugal fazer chegar mais esta observação, no âmbito de recolher mais testemunhos desta e outras observações realizadas em território Nacional.

Relato da testemunha...

"O objecto que eu viu era parecido com um charuto ou foguetão.
Era do formato que está o desenho, passou nos céu da Lourinhã . Tinha chegado de Lisboa e fui passar uns dias a São Bartolomeu na Lourinhã. Quando saí do carro senti um barulho que não lhes seis explicar « parecia um barulho tipo moagem de um moinho» e ao mesmo tempo um enorme calor quando olho para o céu vejo esse objecto muito estranho. Chamei o meu marido e o meu filho para eles verem, mas quando eles saem da garagem já não viram nada. Interroguei-me como aquilo era possível tendo desaparecido em segundo e sendo o céu com uma grande área de visão e não vimos mais.
Pois até hoje continue sem perceber que objecto era aquele".


Croqui da testemunha
Este não é um caso isolado, quer no testemunho quer no croqui apresentado pela testemunha.
Temos conhecimento que no início dos anos 90, durante a guerra do Iraque, uma patrulha da GNR de Sines teve uma observação idêntica junto da barragem de Morgavel, descrevendo a observação de um objeto com as mesmas descrições.
Um outro incidente, terá sido observado por um outro elemento da GNR.BF em Sines, descrevendo também ele 'militar Gonçalves', a observação de um objeto semelhante parecendo um lápis com uma chama na parte traseira.

Se viu ou presenciou algo de extraordinário desta natureza, não existe em nos reportar a sua observação para: ufo_portugal@sapo.pt 

Partilhe connosco a sua experiência.

Sem comentários:

Enviar um comentário