quinta-feira, 25 de agosto de 2016

O Caso de Pittsburg, de 1952 (William Squyres)

Perto Pittsburg, Kansas - 25 de agosto de 1952

Durante a condução, William Squyres viu um objeto à sua direita. Diminuiu a velocidade e parou, mas quando se aproximou do carro (a cerca de 90 metros) fez uma subida vertical rápida e um som muito parecido a um bando de codornizes a voar, desaparecendo na vertical. O objeto parecia dois pratos juntos, com cerca de 22 metros de comprimento, 12 metros de largura e 4 metros e meio de altura, e estava pairado com um ligeiro movimento de balanço de 3 metros acima do chão. Era de uma cor de alumínio opaca, e tinha uma fila de pequenas hélices que giram em torno da circunferência. Havia uma janela na frente através da qual ele podia ver a cabeça azul-iluminada e ombros de um homem, e várias janelas grandes na zona central da nave. No local foi encontrada uma marca de 18 metros no chão.
















O Caso de Pittsburg, de 1952

Eram 05h30, de 25 de agosto de 1952. Enquanto William Squyres foi dirigindo para o trabalho de sua casa em Frontenac, Kansas, viu um objeto pairado com janelas claramente definidos em uma área densamente arborizada a cerca de 11 km a nordeste de Pittsburg.

"O meu cabelo subiu para cima na parte de trás da minha cabeça", disse ele ao relatar o incidente mais tarde. Ele descreveu o objeto como se assemelha a dois cascos de tartaruga, ou dois pratos de carne ovais, colocados ponta a ponta. Ao longo da borda, onde as duas metades se juntam, notou uma série de pequenas hélices de seis a doze polegadas de diâmetro projetando para fora em intervalos curtos a todo o redor do objeto. Estas hélices foram girando em alta velocidade.

Squyres disse que o objeto tinha cerca de 22 metros de comprimento, 12 metros de largura e 4 metros e meio de altura, e estava balançando ligeiramente para trás e para a frente, uma vez que pairava sobre um campo perto da estrada. O corpo era de uma cor de alumínio maçante em toda a parte superior e estendia-se até a borda do objeto com várias janelas retangulares. Squyres afirmou que podia ver um luz azulada flutuante da escuridão para a luz.

Ele observou muita atividade por detrás dessas janelas, ainda que obscurecida "como uma persiana puxada para baixo. Eu podia ver figuras atrás." Ao longo dessas janelas, numa outra janela retangular conseguiu testemunhar claramente a cabeça e os ombros de um único homem, sentado imóvel, e de frente para a borda da frente do objeto.

"Eu definitivamente vi um ser humano através da janela," disse Squyres. Desligou o motor do seu carro e saiu. Conseguiu ouvir um som pulsante constante e quando ele se aproximou a pé a cerca de 100 metros do objeto, este de repente levantou-se para cima no ar e para fora de vista, fazendo um som parecido ao de um bando de centenas de codorniz a descolar." A vegetação soprou fortemente quando o objeto rapidamente levitou.

Squyres estava convencido de que o objeto era "pilotado por seres humanos, e não alguns homens de Marte." A testemunha voltou à cena - depois, com funcionários da estação de rádio - e verificaram que a vegetação estava diferente". Uma investigação foi feita mais tarde por oficiais da Força Aérea confirmando esses achados, e a confiabilidade da testemunha foi chamada de "bom", no relatório oficial (presente no Relatório Especial do Projeto Blue Book).

Nesse mesmo dia, 25 de Agosto de 1952 foram também vistos objetos voadores não identificados em Delaware, (Ohio) e perto de Maxatawny, (Pennsylvania).

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Seriam os OVNIs responsáveis pelo desaparecimento de 1500 ovelhas em Lincolnshire - UK!


Luzes e voos anómalos são registados, reportados e testemunhamos por inúmeras pessoas em Lincolnshire na Inglaterra.
São fenómenos que parecem despertar atenção das muitas pessoas que aproveitam a recente vaga de calor para ficar na rua até mais tarde.

Uma dessas testemunhas registou algo de inusitado que inclusive despertou atenção dos mídia!
Não é caso para menos!
Recentemente desapareceram nada mais nada menos que 1500 ovelhas sem deixar qualquer tipo de rasto!
Autoridades não encontram respostas para o desaparecimento de 1500 animais!
Muitas pessoas alegam ter observado luzes misteriosas no céu no respetivo local.

Uma outra testemunha regista em vídeo algo da qual não encontrou uma explicação na noite 20 de Agosto!
Vídeo esse que foi imediatamente enviado para autoridades e comunicação social.

Seriam estes misteriosos objectos voadores não identificados os responsáveis pelo desaparecimento de 1500 animais!

Vídeo...

Aeronave da NASA faz parada técnica no Aeroporto Internacional do Recife (Brasil)

Um avião da NASA pousou, na manhã desta terça-feira (23), no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, Zona Sul do Recife. A aeronave, utilizada para pesquisas da agência espacial, é modelo ER-2 e voa a 65 mil pés, altura bem acima da média dos voos comerciais. O piloto da aeronave informou que era uma parada técnica, mas não deu detalhes sobre o que seria feito.

O comandante Wagner Monteiro, do Globocop, estava na base aérea e fez imagens do avião. A chegada da aeronave reuniu funcionários dos hangares às margens da pista. "Foi uma coisa inusitada. Faz muito tempo que pousou um avião desses aqui. Gerou uma curiosidade enorme no pessoal que trabalha, é um avião bem diferente", conta o comandante.

Para o voo, a preparação é especial: o piloto usa traje de astronauta e, no Aeroporto dos Guararapes, o espaço aéreo chegou a ser fechado para o pouso, segundo o comandante. A Infraero, no entanto, informou que o espaço aéreo não foi fechado e funcionou normalmente durante o pouso da aeronave. [Veja no vídeo abaixo]

video

Por meio de nota, o Consulado dos Estados Unidos da América (EUA) informou que o pouso técnico serviu para reabastecimento e manutenção preventiva da aeronave e foi motivado pela localização geográfica e pelas condições operacionais do terminal aeroviário recifense. O avião da NASA deve ficar na capital pernambucana até a próxima sexta (26), quando decola às 5h em direção à Namíbia, na África.

Fonte: G1

terça-feira, 23 de agosto de 2016

OVNIs eles continuam em Portugal... Veja..


Uma jornalista portuguesa fez um levantamento dos avistamentos que acontecem no país. E coisas (no mínimo) estranhas andam a passar-se nos nossos céus.

Vanessa Fidalgo, 38 anos, jornalista desde 1997, quase sem querer começou a especializar-se em fenómenos misteriosos.
Depois de Histórias de Um Portugal Assombrado (Esfera dos Livros, 2011), em que visita uma série de casas ditas assombradas em zonas como Sintra e Cascais, dedicou-se a um levantamento exaustivo dos casos de avistamentos de objetos voadores não identificados, um assunto que caiu em descrédito no século XXI, mas que fazia grandes parangonas nos anos 70 e 80 do século passado.
No mês passado lançou Avistamentos de OVNIS em Portugal, o primeiro livro, do género, de âmbito nacional, diz.
Em relação a estes assuntos, Vanessa mantém-se cética, mas, confessa, não voltou a olhar para os céus da mesma maneira.
Aliás, cita Einstein na epígrafe do seu livro: "Uma mente que se abre para uma nova ideia, nunca mais volta ao seu tamanho original. "

VISÃO- Nos anos 70 e 80, os relatos de avistamentos de OVNIS até podiam ser primeira página de jornal ou abertura de telejornal.
Hoje desapareceram ou foram remetidos para discretas colunas.
Na sua opinião, a que se deve esta quebra de interesse?
O facto de já não serem notícia está associado à perda de credibilidade das fotos e dos vídeos?

VANESSA FIDALGO - Penso que, por um lado, se deve ao facto de já não serem propriamente uma novidade.
No nosso país, a seguir ao 25 de Abril, houve um ‘boom’ de artigos e até mesmo publicações relacionados com este tema, movido pela própria abertura da época.
De fruto proibido passou a ser apetecido e, por isso, o entusiasmo do público também era muito.
Por outro lado, os meios técnicos vieram permitir captar imagens e, sobretudo, desvendar as ‘fraudes’ o que terá contribuído bastante para o desinteresse.
Além disso, vivemos tempos em que o conhecimento científico está muito mais acessível.
Qualquer pessoa que queira saber mais sobre o universo, pode ir ao site da NASA e ver as fantásticas imagens e os progressos obtidos pelas moderníssimas sondas espaciais…

Ao longo da sua pesquisa e recolha de depoimentos, passou a acreditar mais que podemos mesmo estar a ser visitados e observados?

Eu era bastante cética em relação ao assunto, mas houve testemunhos que não me deixaram indiferente e fizeram-me voltar a pensar as minhas próprias convicções. Por outro lado, prestei atenção - como nunca o tinha feito antes – aos avanços da astronomia, da astrofísica e da astrobiologia.
E sim, se os próprios especialistas acham que, talvez um dia, se encontre vestígios de vida num qualquer ponto distante do universo, eu também tenho de dar essa margem de benefício à dúvida.

Na sua opinião, o tema OVNIS pertence mais à categoria da ciência ou ao património das crenças e das mitologias?

Enquanto Objeto Voador Não Identificado pertence mais à categoria da ciência e da tecnologia até, se quiser.
É ao âmbito destas que cabe ‘desvendar’ o que os olhos incautos ou inexperientes observam.
Mas também há uma série de mitos associados aos OVNIS.
Até mesmo em Portugal, certos fenómenos e locais que culturalmente sempre foram associados à ocorrência de milagres também já foram, por oposição, questionados no âmbito da ovnilogia.
Há autores, por exemplo, que defendem que em Fátima o que aconteceu foram fenómenos celestes não identificados.
Enfim, são teorias. Mas são campos que facilmente podem andar de mãos dadas.

O próprio Papa Francisco falou recentemente de ETs...

O que o Papa Francisco referiu foi que, caso os extraterrestres chegassem à terra e quisessem ser batizados, a Igreja católica não deveria negar-lhes o acesso.
É obviamente uma metáfora que usou no seu discurso pela igualdade e a inclusão. No entanto, não deixa de ser curioso que até o Papa, ainda que genericamente, se mostre aberto a essa hipótese…

Houve alguma coisa que desconhecesse ou que a tivesse surpreendido ao recolher os testemunhos ou fazer a pesquisa para este livro?

De uma forma geral desconhecia que havia tantos relatos de avistamentos em Portugal e tantos testemunhos feitos por aviadores militares.
Foram esses, aliás, que mais me impressionaram e que mais me fizeram refletir. Porque acredito que estes homens sabem distinguir muito bem o que é normal ou não acontecer no céu.

Portugal é um país "crente" quanto à ufologia?
Há muitas pessoas e comunidades a acreditar?

Bastante, embora se calhar não de uma forma ‘assumida’. Há imensos blogues, foruns, páginas no Facebook para partilha de assuntos relacionados com o tema.
No entanto, também somo um país onde a maioria das pessoas não admite publicamente que leem estes sites.
Faz-me lembrar a questão das novelas: toda a gente conhece, mas ninguém vê.

Portugal é um país muito ou pouco "visitado"?

Não tenho nenhuma base de comparação estatística, e também não realizei nenhum levantamento noutros países, portanto, é difícil comprar.
Mas posso dizer que, por exemplo, na vizinha Espanha, há muito mais produção (e produção séria e com muita qualidade!) de literatura e documentários sobre o tema, certamente fruto do interesse do público.

Mas existe algum avistamento certificado, digamos assim, por autoridades oficiais?

Existe um avistamento, testemunhado em 1982 pelo tenente Júlio Guerra (e outros dois colegas seus), hoje piloto de uma companhia aérea comercial, que foi referido em vários livros de investigadores norte-americanos.
Foi um avistamento, ou melhor uma perseguição, que durou cerca de 20 minutos na zona da base aérea da OTA, em Alenquer.
Esse episódio está classificado internacionalmente como um dos que pertence à magra fatia de 5 por cento para a qual nunca foi encontrada explicação lógica e razoável. Também existe um relatório da Força Aérea elaborado pelo Tenente Carlos Marques Pereira, após ele e a sua tripulação de nove homens terem avistado um estranho fenómeno luminoso que quase os cegou. O mesmo fenómeno de luzes azuis foi avistado nessa mesma noite noutros pontos de Angola.

Depois de ter escrito o livro, passou a olhar para o céu com mais atenção?
Já viu alguma coisa suspeita?

Claro que sim.
É inevitável passar a olhar mais para o céu.
Pessoalmente, vi uma luz há uns anos atrás juntamente com um grupo de amigos. Uns acharam que era um Ovni, outros defenderam ser uma estrela cadente. Provavelmente podia ser um milhão de coisas.
Naturalmente, nunca soube o que foi.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Banhistas surpreendidos em Misano Adriatico - Itália

Banhistas são surpreendidos na praia em Misano Adriatico, não podiam acreditar no que os seus olhos viam em plena tarde 20 de Agosto pelas 15:30h.
No entanto foram muitos os que puderam testemunhar ter visto voando sobre suas cabeças uma dúzia de esferas brancas, aparentemente viajando a baixa velocidade em direção a Rimini .
Para testemunhar também esses misteriosos objetos não identificados nesse dia também foi Luca Tamburini , assistente-chefe da polícia municipal de San Giovanni in Marignano que, como relatado por Carlino, estava em Bath 69 Misano.
No vídeo registado pela policial de trânsito está claramente visível uma "pequena frota de OVNIs" voando no céu azul.
Tamburini tomou medidas para relatar o avistamento com documentação para a polícia e Força Aérea.


domingo, 21 de agosto de 2016

Vídeo de 'Objecto Voador Não Identificado' na Nova Zelândia desperta curiosidade nas redes sociais

Estranho fenómeno é capturado por câmera na Nova Zelândia a 02/08/2016 na área de Auckland pelas 17 horas e 30 minutos.
O fenómeno tem vindo a intrigar investigadores, curiosos e até mesmo sépticos no assunto.

O vídeo que se tornou viral nas redes sociais, mostra um estranho artefacto voador não identificado no canto esquerdo do vídeo.
É possível se verificar algo a que os demais pensam ser uma espécie de explosão outros um reflexo na fuselagem.
As duvidas, críticas e desacordos suscitam os muitos que acompanham este assunto.

Alguns investigadores já descartaram a possibilidade de se tratar de alguma aeronave convencional ou militar conhecida pelo comportamento de voo ou mesmo flares utilizados em treinos aéreos.

A verdade é que as dúvidas são muitas as opiniões também como os debates acesos sobre a presumível origem deste fenómeno.

Explosão, reflexo na fuselagem ou...???

Tire as suas próprias conclusões no vídeo abaixo.


sábado, 20 de agosto de 2016

Fenómeno desperta atenção em comunidade britânica - Sunderland


A 9 de Agosto era observado um estranho fenómeno luminoso sobre a cidade britânica Sunderland, da qual várias testemunhas terão reportado o incidente à comunicação social, descrevendo o misterioso e insólito avistamento.


Novas testemunhas surgem apresentar imagens estranhas dessa misteriosa observação.
Julie Adams de 27 anos, filmou uma série de luzes pairando sobre o céu noturno acima Sunderland.

Dois jovens avançam também com as suas próprias imagens do misterioso avistamento - tomado na mesma noite.

Bethany Campbell de 15 anos, conta que estava deitada numa cama elástica no jardim olhando para as estrelas com seu primo Lexie, de 6 anos, quando viram luzes brancas intermitentes.
Animado Bethany conseguiu registar imagens no seu telefone móvel.
Imediatamente correu para o interior de casa para alertar a família, conta a mãe de Nadia.

Nadia, diz: "Eu apenas ri primeiro e disse que seria apenas ser um avião, mas quando ela me mostrou a imagem realmente me pareceu muito estranho."

Bethany disse: "Estávamos deitados no trampolim olhando para o céu.


Houve um que foi realmente muito brilhante foi quando eu disse a Lexie que poderia ser o seu avô olhando para ela, porque ele teria falecido recentemente.

"Eu disse, vamos tirar uma foto, mas quando eu ampliava vi todas as luzes estranhas piscando e parecia que ele estava girando!

Nadia disse que o incidente ocorreu por volta das 23:00 na terça-feira - na mesma época Julie capturou a sua imagem nas proximidades no jardim de um amigo em Sunderland.
Inglaterra continua a revelar casos inexplicáveis mesmo quando o Governo revela o oposto sem uma explicação plausível.

Vídeo


Tecnologia militar secreta?
Tire as suas conclusões.