sábado, 29 de junho de 2013

Luzes anómalas sobrevoam a cidade do Porto na madrugada 29 de Junho

Localização; Porto
Data hora; 29/06/2013 - 01:00h / 01:20h da madrugada.
Testemunhas; 9 - Srª. Fátima Martins, Sr. Filipe Sá, Sr Lemuel Silva, Sr. Tiago Montes, Sr Nuno Rodrigues, Srª. Alexandra Mendonça, Srª Carolina e Srª. Gilda Reis.

Relato de ambas as  testemunhas...

Srª. Fátima  Martins: Tomo a liberdade de vos enviar este email, não que tenha visto um ovni (pelo menos assim penso), mas pelo facto de ter presenciado um fenómeno que ocorreu hoje no céu (29 de Junho de 2013) que gostaria de ter possíveis interpretações do mesmo.

Moro no Porto, perto da Rua Costa Cabral, numa zona que tem o céu descoberto, pois a casa está num cruzamento. A minha casa tem três andares e no andar de cima tem um terraço grande.
Hoje de madrugada (por volta da 1 hora) eu, o meu marido e o meu filho de 15 anos estávamos no terraço a conversar quando olhei para o céu e fiquei estupefacta.
Vi uma formação de luzes a piscar, inicialmente pareciam estrelas, pois eram pontos brilhantes no céu.
O meu marido pensou tratar-se de um avião, mas essa formação era muito grande e movimentava-se de forma relativamente rápida para o mar.
Eu descrevo aquilo que vi como se fosse um bando de pássaros a voar muito alto (esses pássaros seriam os pontos luminosos), numa rota semicircular, já que só vi a parte do círculo virada para mim.
Os três ficamos estupefactos durante uns segundos, até que começou a desaparecer pouco a pouco.
Poderão ter alguma explicação para este fenómeno?
Melhores cumprimentos

Sr. Filipe Sá: Nesta madrugada, 29 de Junho de 2013, por volta da 1.20h quando chegava a casa na zona da Foz no
Porto,  na parte de trás da casa onde o céu de torna mais visível por resguardado da iluminação pública, observei o céu e vi dezenas, talvez 100 de luzes brancas intermitentes a deslocarem-se de Este para Oeste. As luzes semelhantes às dos aviões a grande altitude deslocavam-se a uma velocidade superior ao normal e algumas bastante juntas em grupos de 20. Todo o céu, mo meu horizonte visual esteve preenchido por estas luzes durante uns 5-10 minutos.

Tive o cuidado de ligar a um vizinho que mora a 1 quilómetro de minha casa e ele também teve oportunidade de as observar.

Ou eram caças ou aviões mais rápidos que o normal  em número extraordinário em algum exercício militar ou coisa do género ou então algum fenómeno que desconheço.
Não fomos com certeza os únicos a observar, embora ainda não tenha encontrado nada nas notícias.
Gostaria de saber algo mais sobre o que observei.

Sr. Lemuel Silva; O meu nome é Lemuel Silva, sou residente em Honório de Lima, uma transversal de Costa Cabral, e acabei de visualizar o mesmo fenómeno.
Visualizeio-o perto de Honório de Lima, na rua Fonte do Outeiro, perto das 23:00 horas da noite, portanto ainda dia 29 de Junho.
Esta rua é uma pequena viela que vai dar a uma passagem pedestre sobre a via de cintura interna.
Não li o relato já publicado anteriormente no vosso site, um amigo meu a quem liguei de imediato a contar o que vi é que foi pesquisar na net e disse-me que algo idêntico ao que eu estava a contar tinha sido visto na mesma zona na madrugada anterior.
Eu ainda não li para não viciar os meus relatos....e nem conhecia o site, pois nunca liguei a estas coisas, mas se o meu amigo diz que é a mesma coisa que eu vi.....confio nele.
De qualquer forma, depois de vos enviar o meu relato, vou ler o anterior.

Passo então a relatar o sucedido comigo:

Saí de casa pelas 22:45....para dar a minha volta diária de uma hora a pé.
Meti pela Rua Fonte do Outeiro, em direcção à passagem pedestre para a rua do relógio.
Chegado à passagem, começo a subir, e como naquela zona é muito escuro, praticamente desprovido de luz artificial, resolvi olhar para a direita para o céu, como sempre faço, pois gosto de ver as estrelas. Logo de imediato deparo-me com o que me parece ser um bando de gaivotas a voar, a cerca de 500 metros de altura, mais a 500 metros de distância de mim também.
Estranhei estarem a voar à noite num bando tão concentrado, mas mais que isso, estranhei o facto de serem gaivotas brilhantes!
Olhei melhor e confirmei, naquela zona particularmente escura, não havia qualquer luz artificial ou brilho que elas pudessem estar a refletir, o brilho era próprio, delas!
Percebi repentinamente que não eram gaivotas e resolvi investigar melhor.
Aquela enorme massa constituída por muitos pontos, seguia na minha direcção, mais ou menos à velocidade de deslocação das nuvens, sempre em linha recta.
Quando passou por cima de mim pude ver claramente, não eram aves, não eram animais.
Pareciam antes estrelas!
Vocês conhecem aqueles peixes do fundo do oceano que possuem luzes biológicas?
Eram corpos com uma luz semelhante, luz essa idêntica à das estrelas também.
Só que estas estrelas encontravam-se muito mais próximas da terra, mesmo ali por cima a escassa altitude e agrupadas num enorme cardume, que ia alternando, ligeiramente, entre formas meias circulares a rectangulares, devido ao movimento individual de cada corpo dentro dela.
Vocês sabem como é que um cardume de peixes se desloca?
O cardume, a massa, vai toda no mesmo sentido, no entanto cada elemento tem um movimento próprio, era o que estava a acontecer na massa que vi.
Esse movimento era quase nulo, talvez circular, se bem me lembro.
O que mais contar?
Nesta enorme massa havia algo, uma característica, que me fez acreditar tratar-se de uma nova ou um enorme agrupamento de pequenas naves.
Portanto, como já relatei, tínhamos a enorme massa, um cardume de pontos luminosos. À volta  dessa massa, por trás, pela frente e pelos lados, iam pontos sozinhos, isolados. Era como se fossem avançados (scouts em inglês), que iam à frente  a guiar ou a estabelecer um perímetro de segurança. Aquela massa estava a ser escoltada....
A partir desse momento percebi que estava perante um fenómeno paranormal.
Nos meus 28 anos de vida nunca vi nada assim.
Pensei de imediato que só podiam ser duas coisas.
Algo militar, ultra secreto, dos estados unidos, ou então seres de um outro mundo.
Acredito, sinceramente, que o que passou à minha frente não era humano.
Apenas admito que pudesse ser uma nave militar, porque sei que existem muitas coisas secretas que nós civis desconhecemos. Porém, há que entender que se era uma nave militar humana, então estaríamos a falar de uma tecnologia superior a qualquer coisa que se tenha ouvido falar até hoje.
Mas prossigamos com o relato.
No meio destes pensamentos todos, e do pânico a ligar para alguém que pudesse atender, para partilhar, resolvi berrar para a suposta nave ou massa, tipo: Ei!.
Depois, comecei a gesticular com os braços.
Por essa altura o fenómeno estava já a passar para lá de mim, isto em plena ponte em cima da via de cintura interna.
Eu então desato a correr atrás do fenómeno, queria conseguir vê-lo e registar pormenores enquanto fosse visível.
Tentei também registar fotograficamente o fenómeno mas sem sucesso, o meu telemóvel é de fraca qualidade.
Continuei a perseguir, a gesticular para o céu. Subitamente, a meio da Rua Professor Mendes Correia, o fenómeno começou a ascender para o espaço sideral, lentamente, ficando cada vez mais ténue e diminuto, até desaparecer por completo na escuridão do céu.
Espero que o meu relato possa ser útil para a investigação deste caso, eu ainda estou perplexo com o que aconteceu.
O que está aqui escrito é verdade....declaro-o com compromisso de honra.

Sr. Tiago Montes; Em primeiro lugar fico contente por saber que o que observei no Porto além de não ter explicação tem aparecido com frequência pelos relatos apresentados.
Descrevendo a situação:
Tenho uma casa na Rua Da Areosa no Porto num 4o andar que é o ultimo.
Já me encontrava na cama quando a minha mãe me acordou e disse para ir ver umas luzes muito estranhas no céu.
Qual o meu espanto quando chego à janela e vejo no mínimo 50 pontos luminosos no céu tipo avião mas sem as luzes a piscar além do movimento a velocidades muito elevadas.
Durante uns 5 minutos desapareciam no horizonte e apareciam mais.
Também descrevo como já referido um desses pontos que parecia ter ficado para trás.
De referir que não havia barulhos, não havia nuvens, o céu limpo e com excelente visibilidade.
Tentei filmar mas sem sucesso devido a falta de claridade e o telemóvel não identificar os pontos luminosos.

Srª. Alexandra Mendonça: Gostaria apenas de deixar o meu testemunho, pois tal como nos restantes relatos também visualizei o fenómeno de ontem.
Vivo no Porto, na Praceta Francisco Borges, num nono andar.
Ontem, por volta da meia noite eu e o meu marido observamos uma mancha no céu (sudoeste) com imensas luzes a piscar. 
Parecia um enxame a mover-se e que foi desaparecendo.
Por volta da 1h e 40,por cima de nós (SUL) passaram imensas luzes (agora mais perto) a uma velocidade razoável a dirigirem-se para o mar. Todas no mesmo sentido.
Não sei o que era e tenho a certeza que não eram estrelas ou fogo de artificio (meu primeiro pensamento quando avistei o fenómeno por volta da meia noite).
Estou bastante curiosa pois sou bastante cética e não sei que tipo de fenómeno foi.

Srª. Carolina; Meu nome é Carolina, sou brasileira e estou de passagem pela cidade de Guimarães, Portugal.
Eu escrevo pois eu e minha família também observamos por cerca de 13 minutos o fenômeno descrito pela srª Fátima Martins e sr.Felipe Sá, e também estou interessada em saber do que se trata.

Observamos o fenômeno da pousada Santa Marinho, em Guimarães, Portugal.  Nossa janela está de frente para a Montanha da Penha (onde tem o teleférico de Guimarães), comecei a ver o fenômeno quando olhei para a montanha, na direção  leste, posso descrever o que avistamos da seguinte maneira: 
A meia noite (12h) de ontem, dia 29 de junho de 2013, uma massa de centenas (mais de 100 com certeza) pontos luminosos, de luz branca, a maioria a piscar rapidamente, se deslocando de leste para oeste, espalhados no céu formando uma faixa (sem manter uma formação definida, mais larga em uma das pontas (de cima), alguns pontos dispersaram mais rápido do que outros, a maioria sumiu do nosso campo de visão á oeste em cerca de 12 minutos, restaram 3 ou 4 pontos piscando por mais alguns minutos.

Quando começei a observar, pensei que fosse um holofote especial pois vi uma faixa que se alargava, mas percebi que não estava sendo projetado, daí chamei meus familiares no quarto ao lado e observamos o fenômeno por mais uns 7 minutos.
A maioria era do tamanho de estrelas comuns ou pequenas, como aviões muito longínquos no céu ou satélites, porém eram centenas, alguns piscavam mais do que outros, os maiores tinham aproximadamente o tamanho de vênus. Certamente não se tratava de satélites, muito menos aviões.
Tentei filmar mas com maquina digital não foi possível captar nada.
Com aplicativo do celular  localizei que essa massa apareceu no céu na região onde estava Antares, logo acima estava a constelação de virgem, a massa de pontos se movimentou para oeste passando na direção onde estava a constelação de centaurus (saturno estava um pouco acima) e seguindo na direção onde estava a constelação de hidra e depois seguiu para onde estava vênus, a referência mais a oeste naquele momento.  
Não sei se esse tipo de indicação serve para alguma coisa, mas deixo tudo registrado na esperança de auxiliar a determinar o que foi esse fenômeno, agradeceria imensamente por receber informações confiáveis sobre o que ocorreu.

Srªa. Gilda Reis; Verifiquei no vosso site que pelo menos 2 pessoas testemunharam o mesmo que eu.
Estava a calibrar o meu telescópio para ver a estrela Arcturus, quando me apercebi de um ponto luminoso, perto da mesma, que voava a grande velocidade e com luz intermitente.
Pensei tratar-se da ISS, e, empolgada, tentei verificar com o telescópio.
Quando me apercebo, dezenas de outros objetos luminosos voavam na mesma direção (mar), sempre a apresentar luzes de forma intermitente.
Infelizmente não consegui ter reação para apontar o telescópio, fiquei embasbacada a olhar o céu. Provavelmente teria que perder tempo que não tinha a calibrar e a colocar uma lente mais potente para distinguir alguma coisa, pois isto durou entre 5 a 10 minutos.

Passado cerca de 10/15 minutos, um outro objeto, já não tão alto, semelhante a um balão de S. João, uma brilhante bola laranja, voou na mesma direção.
Cerca de 40 minutos mais tarde, outro "balão" faz exatamente o mesmo percurso.
(Poderiam ser balões de S. Pedro, mas, apesar de parecidos, não se assemelhavam a nenhum balão de santos populares que tenha visto).
O meu namorado estava comigo e também verificou toda esta situação.
Se possível gostaria de ter mais informações sobre o que observamos esta noite.

                                            Ufo Portugal

Localização de luzes anómalas na madrugada 29 de Junho.
Alta e baixa pressão atmosférica
Não sabemos o que ambas as testemunhas presenciaram.
Perante data hora, localização mencionada os movimento não corresponde aos Satélites visíveis nessa noite.
Aeronaves comerciais não correspondem com o descrito.
Sobre aeronaves militares não possuímos qualquer informação!

Uma análise através do Observatório Astronómico de Lisboa, nos informa de que não houve qualquer atividade celeste.

Permanecendo desta forma uma incógnita o fenómeno observado pelas testemunhas.
Os relatos não param de chegar ao Ufo Portugal, vindos um pouco por todo o país se acentuando com maior intensidade na área do Porto.
Um especial agradecimento a todos aqueles que nos fizeram chegar os seus relatos com as suas observações.

Algumas pessoas acreditam convictamente que se tratou de um lançamento de "balões Leds".
Cabe ás testemunhas analisar o vídeo e descrever se era ou não similar o que observaram na madrugada da noite 29 de Junho pelas 01:00/01:30 horas.


Algo ocorreu e despertou atenção de muitas pessoas de Norte a Sul do país, mas permanecendo na ignorância dos meios de comunicação social sobre tal fenómeno.

No dia 1 de Julho o Ufo Portugal, via e-mail, conta com mais de 100 testemunhas desta misteriosa ocorrência.

Se observou o fenómeno ou possui registo do mesmo queira entrar em contato connosco (ufo_portugal@sapo.pt).
Toda a informação será bem vinda.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Apresentação e a explicação sobre 24 de Junho

Foi com muito agrado que recebi o convite da parte do Nuno Alves o convite para a página dele UFO PORTUGAL. Já realizei alguns trabalhos para o Brasil, inclusive sobre saúde, mas infelizmente existe certo tipo de pessoas para as quais funciona a regra “se não está comigo, está contra mim” e graças a essa situação parei um bocado o trabalho que desenvolvo na ovnilogia. Possuo o Pesquisas OVNI, um local onde pretendo angariar pessoas para desenvolver um trabalho em Portugal. Tenho alguns projetos na manga, como a criação de um local de podcast com temas da ovnilogia, entre outros.

Quanto ao tema de hoje:
Dia 24 de Junho foi dia mundial do ovni. Passou mais uma vez despercebido a muita gente, mas foi á precisamente 66 anos que foram avistados discos voadores, mais precisamente em 24 de Junho de 1947.

Segundo pesquisas o que se passou naquele dia foi o seguinte, “Naquele dia, Kenneth Arnold, um vendedor de dispositivos contra incêndios e piloto experiente, saiu do aeroporto de Chehalis, no estado de Washington, para ajudar na busca de um avião de transporte C-46 da marinha que se tinha despenhado nas montanhas Cascade.

Enquanto voava, fazendo círculos sobre a área, à procura dos destroços, um clarão ofuscou-o. «Vi que, ao longe, sobre o meu lado esquerdo e na direcção do norte, vinha uma formação de nove objectos muito brilhantes, saídos das proximidades do monte baker, que voavam muito perto dos cumes e a grande velocidade», explicou Arnold. «Pude ver que não tinham caudas e que se deslocavam de forma diferente de qualquer avião por mim visto anteriormente, como se fossem um disco atirado à tuna de água.» Na manhã seguinte, um jornal utilizou a expressão «disco voador», e o homem de negócios de Idaho ganhou um lugar na história dos Ovnis.”

Este será um dos primeiros textos das edições em podcast, esperem por eles.

Objecto não identificado a Sul de Peniche

Localização - Peniche
Data hora - 24-06-2013 - 21:47

Segue o relato:

Às 21h47, estava a olhar para Saturno, e vejo a olho nu, o que pensei ser uma estrela ao pé, em direcção a Sul. Nesse momento também pude observar um avião que seguia em direcção a sul. Mas notei que se mexia, fixei o olhar para ela e os movimentos eram tal e qual uma folha a cair no ar, tipo movimentos graciosos, nada bruscos, não piscava, era semelhante à luz de uma estrela das que estão longe. Não voava em linha recta tipo avião ou satélite. Vi esses movimentos estranhos até desaparecerem durante 10 segundos. Nunca tinha visto nada assim.

Localização da testemunha
Aeronaves presentes no momento da observação

UFO Portugal

Se observou algo anormal perante as descrições mencionadas pela testemunha, queira entrar em contacto com o UFO Portugal ( ufo_portugal@sapo.pt ) ou OFAE Portugal ( ofae@outlook.pt ) .
Toda e qualquer informação, fotos ou vídeos serão de extrema importância.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

2 ovnis dia 25.06.2013 Gontijas - Ferreira do Zêzere

Os objectos observados, foram registados durante a vigilia que decorreu das 22h30 ás 01h00.


Mapa das observações


Ovni ás 23h50

Após um grande flash inicial, foi observado um objecto, do qual eram emitidos 3 flashs pulsantes sequenciais, seguidos de um flash grande. O objecto dirigiu-se a 75º a Oeste do ponto de observação, para Norte, numa trajectória em pequenos S's descrevendo uma curva larga de 90º, deixando de ser observado derivado á distância. Durante toda a observação não foi possível observar qualquer estrutura do objecto.
Este mesmo objecto observado nos dias anteriores, foi observado desta vez com melhores pormenores a olho nu, porque a altitude deste era menor, possibilitando desta vez, uma razoável observação da emissão dos flashs.
Foi possível observar que os 3 flashs pulsantes são na realidade uma fonte de luz que percorre de maneira circular, no sentido contrário dos ponteiros de um relógio, todo o contorno do objecto e ao final da 3ª volta completa é emitido uma luz por todo o contorno em simultâneo, daí o 4º flash maior que os 3. Tendo em conta esta nova observação, pode-se deduzir que o objecto tem uma forma circular, embora seja invisível.

Outras observações do mesmo objecto:

12.06.2013 ás 23h12/23h46/00h04 

13.06.2013 ás 23h32
14.06.2013 ás 23h24
16.06.2013 ás 00h07/00h14/00h41
21.06.2013 às 23h43
23.06.2013 às 23h34
Fotografia do objecto

Video do objecto




Ovni ás 00h49

Após um grande flash inicial foi observado um objecto de forma circular com bases em cone, que girava sobre si mesmo de forma irregular dando a impressão que não estava estável durante o voo. Os flashs observados são uma fonte de luz que percorria de forma circular todo o objecto a grande velocidade de forma em "8 deitado", daí a conclusão que o objecto não estaria estável apoiando-se unicamente sobre o seu ponto de gravidade. O objecto foi inicialmente observado a 90º na vertical do ponto de observação em direcção a Norte-Este numa trajectória linear, deixando de ser observado derivado á distância.
Este objecto encontrava-se a uma altitude superior a 20 km's, mas deu para observar estes pormenores a olho nu.

Fotografia do objecto

Video do objecto




Um abraço

Carlos Lopes

Luzes anómalas sobrevoam Cascais...

Localização - Cascais
Data hora - 23-06-2013 - 21:50h

Segue o relato....

Sempre fui muito céptico em vários temas, contudo neste sempre tive as minhas reservas, ou seja, ver para querer.
Recordo-me plenamente de em criança, há cerca de uns 20 anos atrás ter visto próximo da costa na zona de Cascais, mais precisamente na zona da Guia, várias luzes sobre o mar a grande altitude e distancia (entre 3 a 5 luzes, mas não me consigo recordar em concreto devido à idade que tinha e ao tempo que já passou), que se moviam constantemente em movimentos que não poderiam ser atribuídos a aviões ou helicópteros, pois eram demasiado rápidos e inconstantes para serem aparelhos comuns. Cada luz dessas era intermitente e com três cores alternadas, branco, vermelho e azul.
Essa imagem ficou na minha recordação de adolescencia, portanto, apesar de manter algumas reservas acredito que com tanto relato semelhante por todo o globo haverá algo que se desconhece a sobrevoar os nossos céus.

Mas o meu contacto prende-se com a partilha de um relato recente de um colega.
Pois bem, na passada segunda feira de manhã um colega de trabalho comentou algo estranho com os restantes colegas.
Na sua zona de residência (Torre, próximo da Guia, em Cascais), na noite anterior (Domingo, dia 23), por volta das 21h50 da noite, o seu cão ladrava constantemente e ele saiu à rua para ver porque o animal ladrava, e viu algo que diz nunca ter visto na vida.
Diz ter olhado para o céu ter visto a grande altitude em direcção ao mar uma dezena de luzes a uma velocidade bastante grande, sem ruído algum.
Chamou a esposa para ver também o que observava e ficaram sem perceber o que seria, mas garantindo de que não se tratavam de aviões ou algo normal pois não havia ruído algum.
A dezena de luzes seguia a grande velocidade, e o que ainda chamou mais a atenção do colega foi a luz que ia em último, era mais forte que as restantes e parecia ter as tais luzes vermelhas e azuis em movimento rotativo na parte inferior. Foi algo rápido que relatou ter visto e que desapareceram no céu após se afastarem a grande velocidade.
O colega por achar tão estranho este avistamento comentou para confirmar se mais alguém teria visto o mesmo nessa noite pois se não tivesse tido o alerta do ladrar do cão não teria avistado essas essas estranhas luzes.

O meu email vem no sentido de partilhar e comunicar este avistamento, até para confirmar se mais alguém na zona de Cascais também o observou.

Continuação de um bom trabalho com o vosso site, e concerteza esta situação me despertou para ainda ficar mais atento ao que se passa no nosso céu.

                                  Ufo Portugal

Se observou algo de anormal perante as descrições mencionadas pela testemunha, queira entrar em contato com o Ufo Portugal ( ufo_portugal@sapo.pt ).
Toda e qualquer informação, fotos ou vídeos serão de extrema importância.

Maioria dos abduzidos pertencem ao grupo sanguíneo "O Rh.+"

O casal de investigadores Argentino, Liliana Flotta e Eduardo Grosso, cederam-nos parte dos seus artigos, fruto de 20 anos de investigação no campo das abduções.
Os investigadores constituem um dos grupos de experientes mais destacados da Argentina.
Este é um extracto das conclusões às que têm chegado sobre o fenómeno dos sequestros extraterrestres;


Ao longo das nossas investigações sobre estas visitas estranhas e extraordinárias também, devemos pôr muito énfasis para encontrar denominadores comuns, além do muito estudado Síndrome de Stress Pós Traumático.
As circunstâncias destas experiências repetiam-se continuamente, seguindo um padrão que, segundo os dados que obtínhamos de investigadores internacionais, era quase exacto.
As únicas diferenças que pudemos encontrar aqui, foram os protagonistas que recordam conscientemente grande parte, se não toda, a experiência (não sendo necessário a hipnose) em que tudo sucedia no dormitório.
O facto de que todas as vitimas apresentassem cicatrizes, alguns com a lembrança consciente do visitante manipulando um instrumento sobre a sua pele ou introduzindo algo no corpo, nos fez refletir na necessidade de aglutinar os casos nas condições do protagonista.
Assim dirigimos a nossa atenção sobre as características genéticas, orgânicas ou fisiológicas destas pessoas.
Começamos a procurar neles uma constante quanto a grupos sanguíneos e factor RH.
Surpreendeu-nos encontrar o mesmo grupo e factor em todos: 0 RH+

No entanto notamos que algo importante ocorria quanto ao grupo e factor sanguíneo da descendencia.
Os filhos dos protagonistas, não possuem em o mesmo sangue, isto é, grupo e factor sanguíneo de nenhum dos dois progenitores.
Geneticamente, pelas leis da herança, se o pai é portador de sangue do grupo 0, factor RH+ e a mãe, ao mesmo tempo, tem sangue do grupo B do mesmo factor RH+, os filhos deveriam ter ou um ou outro, ou seja, ou 0RH positivo ou bem BRH positivo (zero RH positivo ou B RH positivo).
Mas encontrámos-nos com descendencia que difiere em grupo com respeito aos seus pais em vários casos, conservando o mesmo factor RH.
Em outros casos, mudando o factor e não o grupo.
Por suposto, leva-nos isto a pensar que se estão a levar a cabo em nós, algumas mudanças, algumas mutações genéticas ou sociais!.
É evidente que as cicatrizes respondem a um plano muito bem elaborado.
Notamos que todas elas, se encontravam sobre ossos.

São nesses lugares, onde se advertem cirugias. 
Estas são as (observadas até o momento):
1- Clavícula zona esquerda.
2- Costas em baixo da axila esquerda.
3- Cadeira, sobre o osso Ilíaco, zona direita.
4- Perna, sobre a Morna, perna direita.

Também se registaram hemorragias no nariz, ouvidos, recto (nos homens) e vagina.
Os cortes com aparência de cicatriz aparecem por trás da orelha direita e nas costas.
Poderíamos supor, que os pontos observados obedecem a extrações, enquanto os sangrados talvez a introdução de objectos (como sondas).
Como pudemos observar, o fenómeno envolve famílias inteiras, de pais a filhos e netos.
Mas os indicadores, nos dizem que começam pelo portador de sangue 0 RH +.
Dentro das observações realizadas, nos apercebemos de algumas anomalias fisiológica, em oportunidades concretas, por exemplo, depois de um encontro com os seres, ou quando o protagonista sofre zumbidos (apitos ensurdecedores nos ouvidos).
Durante a noite, o visitado produz grandes quantidades de urina. Como temos descrito noutros fóruns, temos tido informação de casos onde o protagonista deve se levantar entre 8 e 10 vezes, interrompendo o sonho.
O curioso é que apesar disso, volta a dormir.

Talvez, o fenómeno se deva a algum tipo de radiação ou ondas de baixa frequência que acompanha ao aparelho ou ao visitante.
Outra modificação observada nos abduzidos, em relação ás marcas do corpo, depois de produzidas, é que se adverte um leve aumento dos glóbulos brancos.
Geralmente, os profissionais na medicina não encontram foco infeccioso.
Portanto pode ser uma reacção defensiva após a introdução de elementos estranhos no corpo!
Nos adverte-mos durante as nossas investigações de cicatrização feridas e queimaduras produzidas comummente em (acidentes de trabalho, no lar, etc.).

Também, analisamos alergias mucosas e vias respiratória.
O que ultimamente nos tem chamado atenção é que apresentam uma moléstia na garganta.
Têm a sensação de que uma esfera se dilatando e se contrai na zona média da faringe, às vezes, com muita dor e sensação de algo a picar. Em alguns casos traz disfonias ao tocar as sensatas vogais.
Em todos os casos, o diagnóstico tem sido faringite por alergia.
Consultamos com o Dr. Norberto Arias, Professor da Cátedra de Histología na Universidade de Buenos Aires, com respeito ás nossas observações (sem revelar a verdadeira investigação).
Ele nos confirmou que pelas leis da herança, os filhos levam o sangue de um dos seus pais ou bem a combinação de ambas.
Portanto os casos investigados apresentam anomalias que não podemos explicar eficientemente, já que pudemos comprovar que não existe adopção.

É singular que apesar de não ter o sangue dos seus pais, comprovámos sobre os nossos "investigados" outros rasgos herditarios como por exemplo, uma deformação da vesícula biliar idêntica à que tem o pai.
Com respeito ao fenómeno das grandes descargas de urina, o Dr. Arias indicou-nos que o centro disparador da diéresis se encontra na região do hipotálamo no cérebro, que pode ser estimulado com uma corrente electromagnética.
O qual poderia explicar esta reacção, sócia com a visita e com o zumbido que se produz no ouvido.
Com respeito a isto último, podemos especular sobre algum dispositivo que os estranhos introduzem no corpo, que seja capaz de emitir alguma corrente electromagnética suave.
Nos últimos casos investigados durante o ano 2007 e 2008, comprovando mediante análise clínica a falta de alguns minerais, como por exemplo: lítio.
Na grande maioria dos casos em que o abduzido é do sexo feminino, se produziu uma temporaria maduração dos órgãos genitais.
Em três destes casos, as protagonistas recordam uma perda hemorrágica entre os 6 e 7 anos de idade.
Em outros dois casos, (a primeira menstruação) produziu-se aos 9 anos de idade.
Não podemos deixar de recordar, que em um dos casos investigados, a testemunha sofre uma de disfunção no ventre, recebendo uma aguda dor no útero, que até esse momento apresentava um fibroma.
Esta fibroma estava a produzir fortes hemorragias na mulher de apenas 27 anos de idade, que cessaram depois da suposta intervenção destas criaturas.
A protagonista deste episódio, leva a termo uma gravidez normal produzido aos poucos meses.
As ecografías de controle que se realizaram, mostraram um útero são, sem rastros do fibroma anteriormente diagnosticado.
Quanto ao aspecto psicológico das testemunhas pesquisadas, temos notado um muito bom domínio emocional apesar das experiências traumatizantes vividas.

Todos eles são pessoas lúcidas, com claro sentido comum, alto coeficiente intelectual, em muitos casos profissionais técnicos, que não fazem destes episódios a culminação das suas vidas, nem procuram publicidade. Temos encontrado neles grande sensibilidade artística, humildade, e uma visão humanitária muito desenvolvida.
Em quase todos os casos, depois das visitas, os nossos entrevistados têm dado amostras de um aumento nas suas capacidades paranormais e também um PSI alto, produzindo os denominados Poltergeist (tecnicamente: Psicoquinesis Espontânea Recorrente), que se associam ao estado de stress.
É chamativo o facto de que a maior quantidade de fenómenos paranormais do tipo Psi Kappa (isto é, quando a mente interfere ou interage com a matéria) estejam relacionados com elementos eléctricos ou electrónicos.
Costuma ocorrer quando as luzes da casa se acendam ou apaguem sozinhas, como assim também as de iluminação pública.
Desligam computadores, televisores ou qualquer aparelho electrónico só com o tocar e às vezes, passando por perto.
Temos notado a presença de campos magnéticos ao redor destas pessoas.
Um dos últimos casos investigados, podendo coincidir na manhã seguinte após ter sofrido a experiência, com nosso médico o Dr. Itália, não encontrando o ritmo cardíaco à protagonista, isso nos faz especular sobre um desfeixe no tempo, já que, ademais, quase sempre os relógios ficam alterados pela presença destes seres.

A experiência indica que os protagonistas não atribuem estas condições aos episódios com os visitantes de dormitório.
Aparentemente existe um grande interesse por parte destes seres estranhos na genética humana, na sua reprodução e nas suas emoções.
Deste ponto em adiante, só podemos especular, sem tomar o leitor das nossas ideias com ciência verdadeira.

Por; David Percerisa Puig
Crédito

Tradução e adaptação
Espanhol / Português

Poderá gostar certamente do artigo seguinte.
Experiência com Extraterrestres.
Artigo elaborado por Nuno Alves em 2008,

terça-feira, 25 de junho de 2013

Chinês preso por ter falso extraterrestre em arca frigorífica

Um agricultor chinês afirmou ter encontrado o corpo eletrocutado de um extraterrestre.
As afirmações espoletaram um frenesim nas redes sociais, onde divulgou fotografias do ser de outro planeta que jazia numa arca frigorífica.
A história resultou na detenção do agricultor por "distúrbios na ordem pública".
Veja o vídeo.


O agricultor chinês, Li Kai, publicou na sua conta de Sino Weibo - a rede social chinesa semelhante ao Facebook - imagens do que dizia ser um extraterrestre.
De forma a convencer os mais céticos, Li elaborou todo o enredo que o teria levado à descoberta: seguiu um ovni que se deslocava ao longo do Rio Amarelo, na China, quando viu cinco seres, inclusivé o marciano eletrocutado por uma armadilha desenhada para coelhos.

O homem teria então recolhido o corpo do último, transportado-o até casa e, de seguida, colocado-o numa arca frigorífica. Isto se, a história fosse real.

A polícia, alarmada com todo o frenesim cibernético em torno do extraterrestre de Kai, deteve o homem, que acabaria por passar cinco dias na prisão.
Na origem da detenção estavam "distúrbios na ordem pública", provenientes das alegações de Kai.

Quando questionado pelas autoriades chinesas sobre a verdadeira origem do conteúdo presente na arca, Li confessou: "Eu vi o filme Paul. Eu gostei muito do Paul - o extraterrestre do filme - e então criei a minha versão baseada nessa personagem".
Para construir a "adaptação" de Paul, Li admitiu ter usado três diferentes materiais: borrracha, cola e arame.

Crédito

OVNI percorre o céu de New Zealand a grande velocidade

Luz brilhante foi observada em New Zealand na segunda-feira 24 de Junho.

Um número de pessoas relataram o avistamento de uma luz verde brilhante, tingida de vermelho, se movendo através dos céu - incluindo um policia que se encontrava de serviço..

O inspector da policia, Jed Oskam conta que havia pelo menos quatro relatos de avistamentos de uma luz misteriosa na segunda-feira à noite.

Ele disse que uma pessoa no subúrbio a sul de Christchurch Woolston relatou ter visto uma "luz verde no céu se movendo muito, rapidamente" por volta das 23:45h.

"Um policia que se encontrava de serviço perto do local também viu quase ao mesmo tempo a mesma luz".

Mr Oskam diz que um outro avistamento foi relatado a sul de Kaikoura, cinco minutos depois, e em Wairarapa.

"Algumas pessoas contam que era uma luz vermelha do lado de fora como um flash de soldagem.
Em todos os relatos a luz era mencionada com uma deslocação muito rápida.

Até ao momento ainda não existe uma informação oficial pelos astrónomos como sendo causa natural.

Crédito
Tradução e adaptação
Inglês / Português

domingo, 23 de junho de 2013

Ovni dia 23.06.2013 Ferreira do Zêzere

A observação seguinte ocorreu durante a vigília que teve lugar das 21h30 ás 01h00. Durante a vigília foi observado a estação ISS ás 22h33 sentido Norte-Este para Sul-Este. O registo da captação, não se encontra nas melhores definições, derivado ao brilho da Lua, que se encontra em fase de Lua Cheia e á grande altitude a que se encontrava o objecto.

Ovni ás 23h34

Após um grande flash inicial, foi observado um objecto, do qual eram emitidos 3 flashs pulsantes sequenciais, seguidos de um flash grande. O objecto dirigiu-se a 90º á vertical do ponto de observação, para Este fazendo uma viragem curta e rápida para Norte, numa trajectória maioritariamente rectilínea, deixando de ser observado derivado á distância. Durante toda a observação não foi possível observar qualquer estrutura do objecto, apenas os flashs eram visíveis. 

 Este objecto é semelhante na sua sequência de flashs e trajectória, aos objectos observados nos dias: 


12.06.2013 ás 23h12/23h46/00h04 
13.06.2013 ás 23h32
14.06.2013 ás 23h24
16.06.2013 ás 00h07/00h14/00h41
21.06.2013 às 23h43

Mapa da observação

Fotografia do objecto





Um abraço

Carlos Lopes

sábado, 22 de junho de 2013

Ovni 21.06.2013 Ferreira do Zêzere

A observação seguinte ocorreu durante a vigília que teve lugar das 21h30 ás 01h00. Durante a vigília foi observado a estação ISS ás 22h44. O registo da captação, não se encontra nas melhores definições, derivado ao brilho da Lua, que se encontra em fase de Lua Cheia e á grande altitude a que se encontrava.

Ovni ás 23h43

Após um grande flash inicial, foi observado um objecto, do qual eram emitidos flashs pulsantes sequenciais, seguidos de flashs grandes. O objecto dirigiu-se a 90º á vertical do ponto de observação, para Norte numa trajectória rectilínea, deixando de ser observado derivado á distância. Durante toda a observação não foi possível observar qualquer estrutura do objecto, apenas os flashs eram visíveis. Durante a observação foi registado o satélite CARTOSAT-1 

 Este objecto é semelhante na sua sequência de flashs e trajectória, aos objectos observados nos dias 12.06.2013 ás 23h12/23h46/00h04, 13.06.2013 ás 23h32, 14.06.2013 ás 23h24, 16.06.2013 ás 00h07/00h14/00h41.


Mapa da observação

Fotografia do objecto

Satélite CARTOSAT-1 no momento da observação

Video do objecto



Um abraço

Carlos Lopes

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Departamento dos OVNIS fecha por falta de provas

Fotografia que foi anexada a um dos relatos de avistamento Fotografia © Arquivo Nacional do Reino Unido/DR
O ministério da Defesa britânico encerrou o seu departamento dedicado a investigar OVNIS após concluir que eles provavelmente não existem e que não são uma ameaça à segurança do país.

Documentos confidenciais sobre o encerramento deste gabinete foram tornados públicos esta sexta-feira, dia 21, segundo a AFP.
O departamento dos OVNIS funcionou durante mais de 50 anos. "Todas as observações de ovnis relatadas ao ministério da Defesa não revelaram nada que levasse a pensar numa presença alienígena ou numa ameaça militar ao Reino Unido", explicou, em 2009, um funcionário, Carl Mantell, numa nota enviada ao ministro da Defesa de então, Bob Ainsworth.
Entre 2000 e 2007, o ministério recebeu uma média de 150 avistamentos por ano, mas registou um forte aumento entre janeiro e novembro de 2009. Chegaram ao departamento relatos de 520 avistamentos, que poderão ser justificados com a moda das lanternas chinesas.
O nível de recursos ao serviços dos ovnis cresceu em reação ao aumento do número de avistamentos, desviandos pessoas de atividades preciosas para a defesa, afirma Carl Mantell no documento, defendendo o fecho deste gabinete.
Foi também decidido encerrar a linha telefónica para onde se devia ligar em caso de avistamento de um objeto voador não identificado.

Por: Lina Santos DN

O que ocorreu com Madeleine McCann?!

Madeleine McCann (Leicester, 12 de Maio de 2003) é uma menina inglesa que desapareceu em Portugal, quando se encontrava com os seus pais, irmão e irmã de férias na Praia da Luz, no Algarve.
O desaparecimento de Madeleine McCann ocorreu na noite de quinta-feira, 3 de maio de 2007 quando foi dada como desaparecida do seu apartamento em Praia da Luz, Algarve, Portugal, onde tinha sido deixada sozinha com os seus dois irmãos.
Madeleine, então com quase quatro anos de idade, que estava no seu quarto na companhia dos seus dois irmãos gêmeos de dois anos, foi inicialmente dada como tendo "saído" pelos seus próprios meios pela polícia, enquanto que os pais estavam convencidos que tinha sido raptada.
O seu desaparecimento tornou-se uma das notícias mais notórias quer pela rapidez com que e iniciou a divulgação das notícias quer pela longevidade e pela massiva cobertura pelos órgãos de informação.
O jornal britânico The Daily Telegraph às 00:01 da madrugada do dia 4 de Maio já fazia manchete com o artigo "Three-year-old feared abducted in Portugal" ("Teme-se que menina de 3 anos tenha sido raptada em Portugal").

Crédito Wikipedia

Agora perguntemos o que ocorreu e qual o fundamento da noticia nesta página!
Infelizmente, existem muitas histórias de conspiração sobre o assunto...
Agentes de autoridade entre outros que beneficiaram $$$$ com esta história, inclusive publicaram livros polémicos, mas todos beneficiaram com esta circusntancia não apresentando qualquer prova palpável do que afirmam.
Até aos dias actuais não existe um único indicio sobre o que ocorreu com a criança.

As autoridades não apresentam uma explicação plausivel, e para isso recomendo a ver e analisar atentamente o vídeo a baixo.
Certamente se tiver com atenção ao que o agente da Policia de homicidios dos EUA "Butch Witkowsk" nos conta você vai pensar duas vezes.

O que ocorreu com Madeleine McCann?

Assista ao vídeo e tire as suas dúvidas antes de comentar.....



A verdade está lá fora......

quarta-feira, 19 de junho de 2013

OVNI atinge avião na China

Um pretenso OVNI atingiu a parte frontal de um avião no espaço aéreo chinês quando este estava a uma altitude de 26 mil pés (oito mil metros).

O acidente aconteceu entre Chengdu e Guangzhou, na China, poucos momentos depois da descolagem.
De referir que o avião, após o contacto, conseguiu mesmo assim pousar sem problemas.


O incidente ocorreu na passada terça-feira cerca de 20 minutos após a descolagem.
As autoridades chinesas estão a investigar o sucedido.
Os passageiros e tripulação apanharam um valente susto, apesar de não se terem registado feridos.
O aparelho da Air China aterrou de emergência após a colisão.

Crédito

Não foram encontradas marcas de embate de qualquer ave para com a aeronave.
Permanece o mistério do que teria colidido com o avião a oito mil metros de altitude.
Serão os OVNIs um perigo iminente para aviação?!

terça-feira, 18 de junho de 2013

Megatelescópio permite encontrar extraterrestres

Norte-americanos convencidos que desta feita vão provar que há vida em outros planetas.

Um grupo de astrónomos norte-americanos está a desenhar um megatelescópio que permite detetar extraterrestres apenas através do calor que o corpo emite.
A concepção deste instrumento de observação do Universo está a cargo do Instituto de Astronomia da Universidade do Havai e já tem nome: Colossus. O megatelescópio vai ter 77 metros de altura (o equivalente a um prédio de 25 andares), o dobro do maior telescópio construído até agora - o E-ELT (European Extremely Large Telescope), com 39,4 metros de altura.
O funcionamento deste detetor de extraterrestres vai basear-se numa tecnologia sensível ao calor. De acordo com os responsáveis pelo projeto, será um recetor passivo que avisa os seres humanos da existência de 'aliens', mas com a particularidade de os extraterrestres não se aperceberem de que estão a ser observados.
Ao site Mashable, Jeff Kuhn, um dos astrónomos, explicou que para colocar este megatelescópio a funcionar a sua equipa está a basear-se num conceito proposto pelo físico Freeman Dyson em 1960: a Esfera de Dyson. Há 53 anos o físico defendeu a teoria de que existem civilizações tecnologicamente mais avançadas do que os seres humanos e que aproveitam a energia solar na sua totalidade, através desta Esfera.

Com este telescópio gigante a equipa de Kuhn pretende, em vez de se focar nas estrelas como os telescópios normais, concentrar-se nas superfícies dos vários planetas da galáxia e verificar se algum está a utilizar a Esfera de Dyson para captar energia solar. "Um planeta que seja opticamente escuro mas termicamente brilhante será uma evidência de civilização extraterrestre", explicou Kuhn.
Desconhece-se para já a data de construção do megatelescópio Colossus uma vez que ainda está na fase de desenho, à qual se segue o protótipo.

Por Cátia Carmo
Crédito

Fotografados dois OVNIs em Bracknell "Berkshire" Reino Unido



Esta foto será a prova de visitantes alienígenas?

Num piscar de olhos que parece saído do hit sci-fi série The X-Files, dois discos brilhantes pairam acima de uma cidade momentos antes acelerarem saindo rapidamente fora do campo visual.

Os dois objetos foram registados acima de Bracknell em Berkshire na última sexta-feira por um homem que se encontrava no exterior a realizar um telefonema.

Steve Lambert usa rapidamente o seu telefone para capturar os objetos e agora se questiona se o que observou foi algo real!
Tinha saido do PUB para realizar uma chamada telefónica, quando subitamente reparou no espetaculo ficando surpreendido com tal observação.

Conta: "Os objetos se deslocavam de Sul para Oeste em velocidade para Basingstoke - mais rápido do que qualquer aeronave normal.

"Estiveram visíveis por uns cinco segundos."

Um especialista que já catalogou avistamentos de OVNIs para o Ministério da Defesa (MoD) declarou que a foto é uam das melhores que ele já viu.

Nick Pope, que investigou avistamentos para o Ministério da Defesa durante a sua carreira no governo durante 21 anos, disse: "É uma das melhores fotos de OVNIs que já vi.

"A forma  e a cor parece descartar coisas como, luzes de aeronaves ou lanternas chinesas.

"Seria interessante saber se alguém viu isso, ou se nada de anormal foi localizado no radar."

Steve acrescentou: "Eu tenho visto um monte de coisas estranhas no céu e eu sempre que posso realizo fotos através do meu telefone móvel.

"Estou interessado em saber se alguém sabe o que é.

"Se alguém viu um par de luzes, então sabemos que há algo lá fora.

"Eu realmente quero saber o que está acontecendo lá fora - provavelmente há vida lá fora."

Por Vicky Smith
Crédito

Reino Unido: Pilotos de aeronaves comerciais dizem ter visto OVNIs sobrevoando quartel general da Cientologia

Em notícia recém libertadas na Internet, pilotos de três aviões comerciais avistaram OVNIs sobrevoando o quartel general da Cientologia no Reino Unido, ao se aproximarem do Aeroporto Gatwick. 

O evento ocorreu a 30 de Dezembro do ano passado, por volta da 09h00min.
Os controladores de tráfego aéreo detectaram seis OVNIs nas telas dos seus radares antes dos objetos desaparecerem repentinamente.
Um Boeing 777 sobrevoava o quartel general da Cientologia em East Grindstead, minutos antes de aterrar, quando todos os três pilotos na cabine de comando viram os objetos a aproximadamente 30 metros abaixo deles.
Os objetos se moviam lentamente, ou estavam até mesmo estacionários, de acordo com o relatório.
A tripulação de outro Boeing 767 também avistou os dois objetos brancos, ou prateados, que estavam a aproximadamente 300 metros do solo.
Um Airbus A319 então aterrou antes dos objetos desaparecerem das telas do radar.
A tripulação da primeira aeronave descrevereu ter visto “algum tipo de brinquedo”.
A informação foi passada para o controle de tráfego aéreo e então para a polícia.
Os investigadores apresentaram a possibilidade dos objetos terem sido balões ou pipas, mas o incidente ainda é classificado como desconhecido.
O avistamento ocorreu um dia antes dos cientologistas, junto com o ator Tom Cruise, gravarem uma mensagem para os alienígenas nas colinas do estado do Novo México, nos EUA.
O culto acredita que os alienígenas habitam os corpos humanos.
O avistamento no Reino Unido, foi investigado pelo UK Airpox Board, o qual primariamente investiga quando aeronaves quase se chocam no céu.

Crédito

domingo, 16 de junho de 2013

5 ovnis observados em Ferreira do Zêzere 15.06.2013

As observações seguintes ocorreram durante a vigília que teve lugar das 21h30 ás 02h00.

Mapa das observações


2 ovnis ás 23h19

Foi observado a Oeste, 2 objectos em formação a várias dezenas de km's de altitude, distanciados de cerca de 4º, dirigindo-se a velocidade reduzida em direcção a Este, numa trajectória linear. Não emitiram qualquer tipo de ruído, nem algum tipo de flash, apenas emitindo luz própria. Deixaram de ser observados derivado à distância.


Fotografia dos objectos

Video dos objectos




Ovni às 00h07*


Após um grande flash inicial, foi observado um objecto do qual eram emitidos flashs pulsantes sequenciais, seguidos de flashs grandes. O objecto dirigiu-se a 90º á vertical do ponto de observação, para Norte numa trajectória rectilínea, deixando de ser observado derivado á distância. Durante toda a observação não foi possível observar qualquer estrutura do objecto, apenas os flashs eram visíveis.

Fotografia do objecto

Video do objecto




Ovni ás 00h14*

Após um grande flash inicial, foi observado um objecto do qual eram emitidos flashs pulsantes sequenciais, seguidos de flashs grandes. O objecto dirigiu-se a 90º á vertical do ponto de observação, para Norte numa trajectória rectilínea, deixando de ser observado derivado á distância. Durante toda a observação não foi possível observar qualquer estrutura do objecto, apenas os flashs eram visíveis. Durante a observação foi registado um Boeing 767 a sobrevoar a zona.

Fotografia do objecto

Aeronave presente durante a observação Boeing 767

Video do objecto



Ovni ás 00h41*

Após um rasto de reentrada na atmosfera, foi observado um objecto indefinido, que deixou de ser observado após um grande flash inicial. O objecto emitiu flashs pulsantes sequenciais, seguidos de flashs grandes. O objecto dirigiu-se a 90º á vertical do ponto de observação, para Norte numa trajectória rectilínea, deixando de ser observado derivado á distância. Durante toda a observação não foi possível observar qualquer estrutura do objecto, apenas os flashs eram visíveis.

Fotografia do objecto

Video do objecto


Estes objectos são selhantes na sua sequência de flashs, aos objectos observados no dia 12.06.2013 ás 23h12/23h46/00h04, no dia 13.06.2013 ás 23h32 e do dia 14.06.2013 ás 23h24.

Um abraço

Carlos Lopes

sábado, 15 de junho de 2013

1º Aniversário do OFAE


O Observatório de Fenómenos Aéreos e Espaciais Portugal OFAE, em colaboração com a UFO Portugal, celebra hoje o seu primeiro ano de funcionamento, com 81 observações registadas de objectos não identificados sobrevoando a região de Ferreira do Zêzere e grande parte da zona centro de Portugal.
O 1º observatório encontra-se em fase de construção e o 2º observatório " torre de vigília " operacional desde o 11 de Junho 2013.


Um abraço

Carlos Lopes

2 ovnis observados em Ferreira do Zêzere dia 14.06.2013

Durante a vigília desta noite, das 22h00 ás 00h10, para além dos objectos registados em video, foi observado vários flashs únicos pulsantes em vários pontos do país, entre outros, um objecto a baixa altitude em forma de meio-arco, de cor alaranjado escuro de um diâmetro de cerca de 20º que se dirigia de Norte - Oeste, para Sul-Oeste que não foi possível registar, derivado á sua elevada velocidade.

Ovni ás 22h44

Após um grande flash, foi observado um objecto invisível que emitia apenas flashs pulsantes e que se movimentava a uma velocidade extremamente reduzida, a 90º na vertical do ponto de observação. O objecto descreveu um movimento em várias direcções sempre na mesma zona a onde foi observado o 1º flash. Deixou de ser observado com o ultimo flash.

Mapa da observação

Fotografia do objecto

Video do objecto



Ovni ás 23h24

Após um grande flash inicial, foi observado um objecto do qual eram emitidos flashs pulsantes sequenciais, seguidos de flashs grandes. O objecto dirigiu-se a 70º á vertical do ponto de observação, para Norte, numa trajectória linear.
Este objecto é semelhante ao objecto que foi observado no dia 12.06.2013 ás 23h12 / 23h46 / 00h04 e do dia 13.06.2013 ás 23h32 derivado á mesma sequência e tipo de flashs emitidos.( 3 flashs pulsantes seguido de um flash vivo) A nenhuma altura foi observado uma estrutura visivél com a camara ou a olho nu. Os satélites observados durante a observação e na filmagem são pela ordem : START 1, STPSAT 2 (USA 217).

Mapa da observação

Fotografia do objecto

Satélite START 1 perto do objecto

Satélite STPSAT 2 (USA 217) perto do objecto

Video do objecto



Um abraço

Carlos Lopes

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Extraterrestres aterraram nos EUA há 66 anos

Caso Roswell: Naves espaciais ou balões para vigilância militar?

Exatamente a 14 de junho, mas há 66 anos, um objeto caiu do céu e foi pousar em Roswell, uma cidade do Novo México.
Os testemunhos sobre o que realmente aconteceu são vários, mas podem dividir-se em duas versões: a dos militares norte-americanos, considerada oficial, e a dos populares.

Para justificar os estranhos vestígios encontrados em Roswell os militares disseram que se tratava apenas de um balão meteorológico experimental para vigilância militar, que tinha sido lançado perto daquele local. Porém, os populares que encontraram os vestígios deste objeto voador e corpos não ficaram convencidos e defenderam que se tratava de uma nave espacial.
Com duas versões contraditórias, o assunto acabou por gerar discussão.
Várias testemunhas foram ouvidas e encontrou-se explicação para todos os depoimentos: Ganhou a versão dos militares - assunto arrumado.

Albert II, o primeiro macaco a sobreviver no espaço.
Nos anos 40, o homem estava longe de concretizar a sua primeira ida ao Espaço - que foi algo que só se veio a concretizar a 12 de Abril de 1961. Mas como a curiosidade dos cientistas ultrapassava, em larga escala, os seus recursos tecnológicos, a NASA decidiu avançar com a exploração do Universo. Sem querer colocar vidas humanas em risco, usou animais.
Coube aos macacos fazer as honras da casa.
A fêmea macaco-esquilo, batizada de Albert I, acabou por morrer devido a um defeito do mecanismo de flutuação da cápsula. Já Albert II, num voo que chegou a atingir os 134 quilómetros por hora, sobreviveu à sua viagem até ao espaço mas acabou por morrer no impacto que marcou o regresso à Terra.

O nascimento da Agência Espacial Europeia
Em 1964 quis institucionalizar-se a investigação do Espaço e criou-se a Organização Europeia de Investigação Espacial (ESRO, sigla em inglês), a qual integraram dez nações europeias.
Mais tarde, em 1975, a ESRO juntou-se à Organização Europeia de Desenvolvimento de Lançamentos (ELDO, sigla em inglês) e formou a Agência Espacial Europeia (ESA, sigla em inglês).
Atualmente esta entidade é responsável por comandar o programa espacial europeu.

Igreja rende-se à ciência
A Igreja começou a sentir-se ameaçada com a evolução da ciência, que ia contra os seus dogmas e lhes roubava fiéis. Para se proteger, desde o século XVI a Igreja Católica procurou formas de tirar de circulação obras de vários cientistas e filósofos de renome como Galileu Galilei, Nicolau Copérnico e René Descartes.
Só a 14 de junho de 1966 é que a Igreja se rende à ciência e o Papa Paulo VI, por intermédio do Vaticano, anuncia a abolição do Índice dos Livros Proibidos.

Humanidade salva por apenas 75 mil milhas.
O asteróide Near-Earth 2002 MN esteve a 75 mil milhas (pouco mais de 120 mil quilómetros) de embater contra o planeta Terra em 2002.
A uma velocidade de 121 mil quilómetros por hora, o Near-Earth era suficientemente grande para deixar o rasto de dois mil quilómetros quadrados de pura destruição.

Crédito